Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço
O Filme Galeria de Personagens Fotos Diversão Multimídia Multimídia

O Filme

Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço Com um arrojado e inovador projeto cinematográfico, Xuxa Meneghel apresenta Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço. Este é o primeiro longa-metragem da personagem de animação. Ele utiliza técnicas de duas e três dimensões e será lançado no dia 25 de dezembro. A realização do projeto é fruto da parceria da Xuxa Produções, Diler & Associados, Warner Bros., Labo Cine e Globo Filmes.

A aventura intergaláctica contada por Xuxa ao seu sobrinho Juliano, interpretado pelo ator Pedro Malta, começa numa longínqua galáxia, no planeta XYZ que serve de cenário para a fuga de quatro temidos vilões que só pensam em transformar tudo em lixo. Ao caírem no planeta Terra, descobrem um córrego poluído onde passam a viver e a se alimentar das porcarias jogadas pelas pessoas, transformando-se em monstros ainda mais perigosos.

Esses xisipsilonzígenas formam, então, um exército de ratos zumbis e vão usar seus super fedorentos poderes para deixar a Terra igualzinha a um lixão. Mas eles deixaram pistas que ajudaram Xuxinha - a anjinha da guarda -, Guto - seu protegido - e Txutxucão - o famoso cão detetive - a entrarem em ação! Juntos, eles seguem o rastro de sujeira e baba deixado pelos vilões e descobrem o plano sujo deles.

A dupla pimenta, como são conhecidos Guto e Jonas, conta ainda com a ajuda do Suprogireli, Super-Robô-Gigante-Reciclador-de-Lixo, criado por eles mesmos, que recicla e transforma todo tipo de poluição em coisas úteis.

Na dura batalha entre os xisipsilonzígenas e o Suprogireli, os bandidos se dão mal e acabam presos. Mas Guto se meteu no meio da luta e acabou sendo atingido pelo lixo tóxico alienígena cuspido por Chorume, líder dos monstros. E agora, o que acontecerá com Xuxinha e Guto?



"O filme está emocionante. Acho que vai ser quase impossível sair do cinema sem se emocionar com a história. Têm momentos alegres, cômicos, aventura, mas a mensagem contra a poluição e as coisas ruins que podem acontecer se a gente não cuidar da natureza também é passada", comenta Xuxa, reafirmando que a mensagem é forte e bem colocada durante todo o filme.

Para o ator Pedro Malta, que na trama interpreta o menino Juliano, a história dos anjos Biel e Xuxinha é o que mais chama atenção. "O filme quer passar a idéia de que anjos existem e que todos nós possuímos um anjo da guarda", comenta o ator mirim.

Segundo o roteirista Flávio de Souza, trabalhar com a Xuxa é certeza de trabalho desenvolvido em equipe. "Por se tratar de um desenho animado, as possibilidades foram inúmeras. E esse filme é um produto feito com o carimbo Xuxa de qualidade", garante Flávio.

Os atores Lúcio Mauro Filho, Paulo Goulart e Milton Gonçalves e o humorista Tom Cavalcante também participam do filme, dublando, respectivamente, as vozes de Sr. Sid, pai de Guto, São Pedro e Euclides Arquimedes. Tom faz o jornalista Douglas Wonder.

"Parceria boa é pra sempre! E cá estou eu de novo, tendo a honra de trabalhar novamente com Xuxa e Diler Trindade. Desta vez, empresto a minha voz para um pai desesperado para salvar a vida de seu amado filho. Como pai de segunda viagem na vida real, não foi nem um pouco difícil imaginar e interpretar o amor e a luta de um pai por seu filho. Eles são, sem dúvida, os maiores amores de nossas vidas! Só espero que meus filhotes tenham anjinhos da guarda tão competentes

quanto Xuxinha! Aí eu já fico mais tranqüilo!", revelou Lúcio Mauro Filho.


O ator Milton Gonçalves utilizou toda sua experiência para dar vida ao personagem. "Na minha trajetória de ator, há muitos anos, em uma fase de minha vida, eu dublei, emprestei minha voz para muitos personagens importantes. O desenho animado é mais difícil, sendo um desafio de fazer perfeito!".

Para Tom Cavalcante, o principal para a realização desse projeto foi a presença da amiga Xuxa. "É sempre um prazer estar ao lado da amiga e grande profissional Xuxa", resumiu o humorista.



Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço foi escrito por Flávio de Souza e conta com a direção de Clewerson Saremba.